Modernização do eSocial: novidades são anunciadas na SST

Modernização do eSocial: novidades são anunciadas na SST

Há poucos meses o Governo informou sobre a intenção de modernização do eSocial.

Não demorou muito para divulgar a primeira fase por meio da Nota Técnica 15/2019: no dia 02 de agosto de 2019, novidades foram declaradas e mudanças para a segunda fase já foram citadas.

Os maiores impactos à versão 2.5 do leiaute do eSocial ficaram para os Eventos de RH. Você pode conferir aqui a notícia divulgada no Portal eSocial.

Porém, já foram previstos impactos também na SST – Saúde e Segurança do Trabalho para a segunda fase da modernização do eSocial.

Resumimos para você, o que se deve esperar para a SST.

Acompanhe!

Eventos que serão eliminados na Saúde e Segurança do Trabalho

Haverá a redução de 6 Eventos de SST para 4 Eventos. Saiba quais são:

S-1060 – Tabela de Ambientes de Trabalho

Para evitar duplicidade de trabalho, as informações de exercício de atividade em ambiente do próprio empregador ou de terceiro não precisam mais constar em tabela.

Provavelmente, poderão ser contempladas no Evento S-2240 – Condições Ambientais de Trabalho – Fatores de Risco.

S-2221 – Exame Toxicológico do Motorista Profissional

Como a Portaria que exigia a informação do exame toxicológico no CAGED será revogada. Assim, o Evento S-2221 deixa de ter sua função e será excluído.

Modernização do eSocial: Outras modificações com impacto esperado na SST

Para a segunda fase da modernização do eSocial estão previstas na SST:

  • Eliminação de mais de 500 campos do leiaute – campos com informações redundantes ou desnecessárias serão excluídos.
  • Eliminação do NIS como identificação do trabalhador – a identificação será apenas por CPF e, não mais, por NIS (PIS, PASEP ou NIT).
  • Unificação de prazos para envio dos Eventos – os Eventos terão o mesmo prazo de envio: dia 15 do mês seguinte.

A exceção fica para os Eventos imediatos como admissão, CAT, afastamento com direito a auxílio-doença, e desligamento com direito a saque do FGTS. 

  • Simplificação das informações de SST – além da redução dos Eventos de SST de seis para quatro, estes passarão por uma robusta simplificação:

Redução de 25% da tabela de riscos, passando de 1200 para 300 riscos e,

Manutenção apenas das informações necessárias para a substituição da CAT e do PPP.

  • Disponibilização de módulo Web para Mês e EPP – com um módulo mais simples, as micro e pequenas empresas poderão inserir dados facilmente para cumprir as obrigações.
Documentos SST gerados pelo Madu

Software para Clínicas e Consultorias de SST

Os prestadores de serviços de Saúde e Segurança do Trabalho podem ficar tranquilos com a chegada do eSocial ao contar com o Software Madu.

O Madu possui uma equipe interna de pesquisa e desenvolvimento atenta para manter o software em constante atualização, conforme as alterações do eSocial e legislação.

Além disso, Clínicas e Consultorias passam a ter a gestão completa da SST. Mais do que informatizar o seu negócio, você ganhará agilidade, confiabilidade dos dados e garantia de atendimento às normas.

Com informações da saúde ocupacional, segurança do trabalho, agendamento de exames e faturamento dos serviços prestados, você irá se destacar no mercado de SST!

Conheça o Software Madu com os vídeos de demonstração.

Quintina da Rosa modernização do eSocial

Por: Quintina Denise da Rosa – Especialista em Saúde e Segurança do Trabalho e eSocial. Consultora do Software SST Madu.

O eSocial será simplificado. Não vai acabar!

O eSocial será simplificado. Não vai acabar!

Nos últimos dias, o assunto eSocial teve um boom: notícias sobre a possibilidade de extinção do eSocial causaram um clima geral de insegurança. A verdade é que o eSocial será simplificado.

Para amenizar o clima, algumas fontes de extrema confiança entraram em ação trazendo a certeza da sua simplificação e não do seu fim.

(mais…)
Assinatura Digital na SST será obrigatória a partir de 2021

Assinatura Digital na SST será obrigatória a partir de 2021

Alguns prestadores de serviços de SST já fazem uso da assinatura digital em seus documentos de SST. Porém, a maioria ainda não adquiriu este formato em sua clínica ou consultoria de saúde e segurança do trabalho em função do custo.

Apesar de facilitar os processos, na maioria dos casos, o custo benefício não encanta.

Agora, a publicação da Portaria nº 211 de 11/04/2019 determina um prazo para empresas e prestadores de serviços se adequarem quanto a esta novidade.

(mais…)

Entre em contato

Preencha os campos abaixo que responderemos o mais breve possível.

Nome
E-mail
Empresa
Telefone
Estado
Cidade
Cargo
Mensagem
 
 

You have Successfully Subscribed!